Empresas me too e a estratégia para diluição do risco

No #talk2biz desta semana, Bruno Garcia (@bruno_talk2biz) faz uma análise sobre a abordagens de empresas seguidoras, as chamadas “me too”, que buscam replicar produtos, serviços e modelos de negócios que já obtiveram aceitação do mercado. Indiscutivelmente mais segura quando se trata de estratégias empresariais ou de marketing, a abordagem seguidora normalmente é classificada como pouco inovadora, oriunda de empresas sem personalidade ou mesmo sem capacidade para criar propostas de valor diferenciadas.

Porém, em cenários de extrema competição, onde naturalmente o diferencial acaba caindo em aspectos operacionais, a abordagem seguidora é sempre uma opção menos nobre e com menor possibilidade de resultado? Será que o único caminho para construir vantagem competitiva sustentável está no desenvolvimento de ofertas com grande diferencial? Ou existem caminhos também para incrementar modelos já existentes e disputar mercados principais?

Não deixe de ouvir!

Quer entender tudo sobre estratégias de branding? Conheça o curso Branding+Consumo, uma especialização 360 horas que aborda o processo de construção de marca integrado a todos os setores da empresa e em todos os pontos de contato da marca com seus consumidores! A primeira turma começa em fevereiro de 2021. Inscrições em www.facha.edu.br e mais informações em www.brandingmaisconsumo.com.br

E atenção! Ouvintes do Talk2Biz têm desconto na mensalidade. Ouça o episódio para ter acesso ao voucher de desconto!

#talk2biz #podcast #marketing #gestao #estrategia #inovacao #gerenciamento #cultura #organização #branding #resultado #marca #comunicação #mercado #valor #consumo #branding+consumo #brandingmaisconsumo #processos #sistemas #propostadevalor #competição #seguidoras #ruptura #inovacaoincremental

Ouça agora!

Apple – SpotifyGoogle Podcasts – DeezerBreakerRadioPublic – AnchorFeed

Também estamos no Youtube!